terça-feira, 6 de setembro de 2011

Não somos anjos


Não somos anjos
Muito menos demônios,
Nem somos semi-deuses
ou coisa do além...

Somos apenas seres
que somos alados
sem termos asas;
que somos belos
sem sermos eternos
que amamos
sem sermos Eros.

Somos esculturas vivas
de carne e osso,
quadros ocultos
que não criam mofo
Paisagens da vida
em cada esquina...

Não somos seres
de vontade divina,
vocação angélica,
nem seres caidos
das profundezas do hades
do quinto dos infernos.

Não somos possuídos,
pelo contrário, possuímos
o dom de fazer-nos
representar pelas coisas,
palavras e gestos,
e nos refletimos em tais
e sobre tais.

Não somos anacrônicos,
somos atemporais,
nossas palavras ecoam
sem espaço. limite de tempo.
Somos feitos de horas,
e assim nos destrinchamos
e novas visões a cada tempo.

Quer saber mais?
Somos feitos de perigos
de riscos desnecessários
em luta constante com
as palavras e seus significados,
fazemos arte de tudo que soa,
que fala, exala, refrata...
que é imagem.

Se não descobriu o que somos,
tá na hora de se tornar poeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário