sábado, 15 de maio de 2010

Banhada de Luz



Banhada de luz

Banhada de luz, como a aurora,
tenho em meus lábios o frescor d'alva
e na pele rósea o calor e a candura
de que necessitas pra ser só meu

Tenho a dar-te um brilho amante
elementar, passivo e único...
tal qual é o desejo que nos move
que é o que necessitas pra ser só meu

Tenho nos olhos um olhar sereno
Um olhar de Aurora que te envolve
e tez querer acordar sempre comigo
tal qual necessitas pra ser só meu

E ainda mais, tenho a surpresa
de um despertar profundo, ativo
Um desejo novo de viver contigo sempre
que é o que te faz querer ser só meu

Tal qual a auro que se levanta
quero te acordar toda manhã do sono
e dos sonhos que te roubam um instante
da realidade que necessitas pra ser só meu

Para juntos brilhar intensamente
sem o pejo ou mistério da noite...
mas abertamente amantes
como tem que ser pra seres só meu

Sophya Aurora

Nenhum comentário:

Postar um comentário