quinta-feira, 14 de julho de 2011

A caixa de chocolates


Presente sem mais surpresa
É a caixa de chocolates
Mas que ao vê-la tu sentes
tal alegria quando a abres

Mesmo quando já saibas
O que ‘stá detrás do lacre,
Ainda que desse sabor
Já não tenhas novidade.

Para ti é uma surpresa
tal, receber chocolates,
e quem dá mais se alegra
Pelo sorriso que abres

Pois quem olha não duvida
Que é sorriso de verdade
Vem de dentro para fora
E de toda tua vontade.

Daí ser sempre um gosto
Presentear-te chocolates
É tanto mais pelo prazer
De poder fazer parte

Dessa beleza que possuis
Nesse teu sorriso largo
Que é assim tão singelo
Que só resta provoca-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário