segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Traduzir-se

Traduzir-se

Eu só acredito que passei uma mensagem
quando a traduzo na linguagem do meu corpo.
Por isso muitas vezes me desenho
em figuras que não sou eu e as faço ter vida,
mesmo que sejam nas líneas singelas de um poema,
ou no entregar-se de leve em um beijo,
mesmo que pouquinho, carícias.
 Isso é tudo.
Traduzir-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário