segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Serendipidades


Serendipidades

Fui para os campos Elíseos
buscando água pra beber,
junto à fonte encontrei flores
as quais eu não pude colher.

Esqueci que pela água
tinha eu vindo de longe,
tentei escavar as flores
e levá-las ao meu onde.

Cavei a raiz profunda
e achei um punhal de ouro,
era tão tentador que eu
as flores desprezei logo.

Mas encravado estava
o punhal de meus desejos,
mergulhado até o cabo
de um maciço rochedo

que logo vi ser diamante.
Meu coração pulsou forte
sem saber o que eu faria
não podia catar as flores,

tampouco o punhal de ouro
o diamante não poderia
tirá-lo dali do solo
foi quando eu me recordei

que foi pela água que eu vinha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário