terça-feira, 28 de setembro de 2010

Pelos trilhos


Pelos trilhos

Ando a caminhar
por vários caminhos
afinal de contas
sou mulher
e quero um destino.
Um destino, por exemplo,
o de cortar as distâncias
e deixar para trás
aquilo que voltarei
a visitar.
Ter saudade do que tive
dos caminhos, das estradas,
das paixões e emoções
que eu hei de encontrar
ou que talvez eu crie
só por gostar...
Andar por cima dos trilhos,
em uma direção inexata
sem ponto de chegada...
Andar porque quero um destino
que não seja projetado
- uma flor silvestre
nasce ao acaso e é bela -
Por outro lado
não ando a andar sem chão,
o trilho, mesmo sem fim
me dá uma direção...
da qual não sairei
pra não cair...
Sigo andando
porque é longa a viagem,
mesmo sendo curta,
mesmo que termine agora.
Sigo andando porque,
andando, tenho certeza
de que sou o que sou
e que posso amar
e posso gostar de amar!
Enfim, andando na linha...
mesmo que seja a corda bamba,
ainda assim é uma linha:
bela porque é o limite.
E sigo andando
pelas estradas da vida.
Que quiser me seguir
seja bem-vindo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário