terça-feira, 28 de setembro de 2010


As nuvens

As nuvens parecem algodão
quando desenhadas a planar,
tal qual riscos no papel crepom:
ou até doce de algodão...

As nuvens desenhadas frágeis
parecem com sonho de criança
erguendo-se tecido aéreo
que levemente se levanta

mas que são apenas vapor
de água que sobe por si só.
Mas que a criança os desenha,
faz do vapor nuvem de algodão

Porque o belo no que existe
é desenhar a vida em volta...
mesmo que tudo seja água,
o sonho sobe gota a gota.

E pode ser forte e pode ser frágil

Nenhum comentário:

Postar um comentário