quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Ontem e Hoje


Ainda ontem eu era o rapazola
que olhava pras nuvens a procurar
desenhos que se parecessem
com aquilo que desejasse.
Os olhos eram meigos,
a voz era tão cândida,
e mais parecia ser um anjo
que trazia esperança do novo,

Hoje meus olhos se cansaram
de olhar o céu tão distante.
O tempo passou e a vida
é tão A vida, que eu vi
que os desenhos das nuvens
se configuram melhor
quando no desejo de realidade
os olhares se encontram
com a sutil sensação
da lembrança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário