terça-feira, 2 de abril de 2013

Poema nu


Solidão é nudez
para o corpo
que pede companhia.
Por isso não julgues
a nudez em meus escrito.
Estão nus porque traduzem
a solidão de meu espírito,
entregam-se aos olhos
dos leitores deste sítio.

Não os reproves
nem os cobices
em tua luxúria
de saciar teu ego

é uma nudez triste
é agredida.

Uma nudez que compartilha
do frio, do calor,
da pena, da labuta.

Uma nudez que não é santa,
tampouco é puta...

é só nudez,
minha nudez

nada mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário