terça-feira, 2 de abril de 2013

Bem te vi atrevido


Bem te quero, bem-te-vi,
que bem cedo vens aqui...
a cantar na janelinha
o teu canto bem assim...

"Bem te vi naquela hora
em que estavas a brincar
de boneca, pula corda
bem que eu quis também pular..."

Bem-te-vi, que atrevido...
não me podes espiar,
Bem te digo, pra teu bem
abre o bico e vai voar

que bem te vi escondidinho
com vontade de pular
de cordinha amarelinha
no jardim do meu quintal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário