terça-feira, 29 de janeiro de 2013

A lágrima e eu

Cai a lágrima...
tão triste por nós
sozinha, abandonada
mas ainda pura...
E eu, que há muito
não sou mais pura
vejo que pra ela
ainda há uma direção

Ela cai sozinha
mas antes acaricia meu rosto
leva consigo
uma parte de mim
-Tua lembrança-
Depois se despede
e cai...pra sempre
pois cristais quebrados
não colam jamais...

Até quando essa dor, meu Deus?

Nenhum comentário:

Postar um comentário