quinta-feira, 15 de março de 2012

BELA!

Bela porque é humana.
Bela porque não é bela.
Bela porque sem sê-lo
a tudo em si torna belo.
Bela porque não quer
ser bela.
Bela por que existe
e por existir que é bela.
Bela que olha a praia
e ama por ela ser bela.
Bela por saber que 
pra muitos
ela possa parecer feia.
Mas vive, e se fotografa
numa poesia feita
em sua homenagem.

Bela, porque o tudo existe,
e é assim que ela vê tudo.
Bela porque sabe
que ela não é um nada.
Bela porque sabe
que pode se dar valor
que pode se amar
e que pode ser amada
e ser achada....
BELA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário