terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Amor - Série sentimentos

Uma casa tão pequena
que cabe dentro do peito,
mas é como se coubesse
dentro dela o mundo inteiro.

Uma caixa que não se abre
seja em portas, maçanetas,
mas é como se em asas
voássemos sobre a terra.

É em nós, mas sem ser nosso,
é um só, mas em dois seres...
ou em três ou até em mais.
mas onde as dimensões dele

aloquem dentro da casa
os muitos e vários entes
que sendo vastos e vários
podem caber em um peito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário